Venda na Amazon

Como Vender na Amazon para outros países

Com a internet, vender para outros países deixou de ser um bicho-papão. Ao contrário.

Nos novos marketplaces, como a Amazon, é possível ampliar o mercado da sua empresa, com um mínimo de burocracia e custos acessíveis.

Neste artigo vamos explicar como vender na Amazon para o mercado externo é viável e seguro para empresas de todos os tamanhos.

Ficou curioso? Então continue lendo este artigo e descubra porque a Amazon é o maior marketplace do mundo.

O que é a Amazon

Antes de explicar como vender na Amazon, é bom saber como e onde surgiu a empresa.

A Amazon foi fundada na cidade de Seattle, nos Estados Unidos, em 1994, quando a internet ainda era um delírio futurístico dos filmes de ficção científica.

O principal responsável por esse feito foi o empresário Jeff Bezos.

Hoje, ele é considerado um dos homens mais ricos do planeta, na época ele e sua então esposa, MacKenzie Bezos, desenvolveram um plano de negócios para a companhia, já vislumbrando o boom da internet para o futuro próximo.

A visão de ambos estava mais do que certa. Ao apostar no comércio eletrônico, Bezos anteviu um mercado cheio de oportunidades.

No início, a venda de livros era o carro-chefe da companhia, que logo foi acompanhada pela oferta de CDs, DVDs, download de vídeos e áudios.

Com menos de cinco anos de atividades, a Amazon já contava com quase 20 milhões de clientes apenas no mercado norte-americano. Estes números mais do que deram o aval para a empresa se expandir por outros países do planeta.

No Brasil, vender na Amazon foi possível a partir de 2012, quando a empresa lançou um site em português.

Hoje, a Amazon também é a responsável pela produção de eletrônicos como o Kindle, o e-reader mais popular do mundo, tablets e também é um grande fornecedor de serviços de infraestrutura em nuvem.

Tudo isso levou a companhia a ser considerada a maior empresa do mundo em valor de mercado, à frente de outras conhecidas gigantes de tecnologia como a Apple, Microsoft e Google.

No início de 2019, o valor de mercado da Amazon.com chegou a quase US$ 800 bilhões, superando as empresas de Bill Gates e Steve Jobs, antigas líderes deste ranking.

Como curiosidade, a Amazon é uma das poucas grandes empresas de tecnologia que não tem sua sede no famoso Vale do Silício, na Califórnia, local conhecido no mundo todo como o centro mundial de inovação.

Impressionante, não?

Mas o mais impressionante é que comprar e, principalmente, vender produtos por este marketplace é uma alternativa possível e ao alcance de todos, não somente das grandes empresas.

A Amazon é uma excelente oportunidade para incrementar os negócios com vendas para outros países de uma forma menos burocrática, simples e direta.

Como vender na Amazon?

“Disponibilizamos ferramentas para ajudar a iniciar suas vendas online de forma rápida e simples, independentemente do tamanho da sua empresa”

Com a frase acima é que a Amazon se apresenta no seu site aos possíveis parceiros. E eles estão certos na descrição, já que qualquer pessoa ou empresa com um CPF ou CNPJ, uma conta de e-mail, conta bancária e cartão de crédito ativos pode vender no marketplace.

Além disso, para vendedores é exigido a geração e o envio das notas fiscais eletrônicas referentes às vendas realizadas na plataforma.

Com os documentos válidos, para começar a vender o cliente precisa escolher entre dois planos:

  • Individual, para quem deseja vender até 10 itens por mês e apenas no Brasil,
  • Profissional, necessário para o caso de empresas.

Pelo plano de vendas Profissional é possível publicar e vender produtos não apenas no Brasil, mas também para outros países.

As assinaturas para o Plano de vendas Profissional da Amazon permite o comércio de produtos de empresas brasileiras na Amazon.com, Amazon.ca e na Amazon.com.mx.

Ou seja, significa a possibilidade de abrir mercado nos Estados Unidos, Canadá e México, região com cerca de R$ 600 milhões de habitantes, quase três vezes mais que a população brasileira.

Os clientes Global.Shop se beneficiem do Plano Profissional e terceirizam toda burocracia envolvida. Saiba mais aqui.

Quais produtos posso vender na Amazon?

O marketplace da Amazon oferece hoje um total de 20 categorias de produtos para cadastramento de venda para empresas do Brasil. São eles:

  1. Atividades ao Ar Live
    Equipamentos para esportes ao ar livre, Ciclismo e Esportes de ação.
  2. Beleza
    Corpo e Banho, Cuidados com o Cabelo, Manicure e Pedicure, Maquiagem, Pele, Perfumes.
  3. Brinquedos e Jogos
    Brinquedos Educativos, Brinquedos de Construir e de Montar, Brinquedos para Bebês e Crianças, Jogos de Azar, Móveis e Decoração Infatis, Pelúcia, Quebra-Cabeças.
  4. Calçados e Acessórios
    Calçados, Sandálias, Bolsas de Mão, Óculos de Sol e Armações.
  5. Câmeras
    Câmeras Digitais, Filmadoras, Lentes e Acessórios.
  6. Casa & Cozinha
    Cama, Mesa e Banho. Artigos de Decoração.
  7. Celulares e Acessórios
  8. Computadores
    Notebooks, Computadores de Mesa, Tablets, Monitores e Acessórios.
  9. Eletrônicos
    TV e Vídeo, Áudio e Vídeo Portáteis, Áudio para Casa, Eletrônicos para Carro.
  10. Esportes
    Exercícios e Fitness, Acessórios para Caça, Esportes em Equipe, Roupas para Atletismo, Canoagem e Pesca e Sala de Jogos.
  11. Ferramentas e Materiais de Construção
    Encanamentos, Eletricidade, Ferramentas Manuais e Elétricas, Instalações de Cozinha e Banheiro, Materiais de Pintura, Proteção e Segurança.
  12. Games
    Consoles, Jogos e Acessórios.
  13. Jóias
    Brincos, Colares, Anéis, Pulseiras.
  14. Livros
    Livros, Calendários, Quadrinhos, Revistas, Jornais e outras publicações.
  15. Viagem
    Malas, Bolsas, Mochilas, Pastas, Guarda-chuvas, Acessórios de Viagem.
  16. Papelaria e Escritório
    Agendas e Cadernos, Lápis, Canetas e outros Materiais de Escrita, Calculadoras, Impressoras e Eletrônicos para Escritório, Material de Desenho e Pintura, Papéis e Organizadores.
  17. Produtos para bebê
    Alimentação e Amamentação, Berçario, Fraldas, Itens para Bebês, Gestantes.
  18. Relógios
    Todos os tipos de relógios.
  19. Roupas
    Moda Feminina e Masculina, Infantil e para Bebês, Moda Esportiva, Acessórios de Moda.
  20. Saúde e Cuidados Pessoais
    Bem-Estar, Depilação e Aparelhos de Barbear, Dietas e Nutrição, Equipamentos e Artigos Médicos, Higiene, Medicamentos e Remédios

Para conhecer os requisitos de aprovação das categorias citadas, acesse este link.

Como cadastrar meus produtos?

Uma vez com a conta criada, o processo para cadastro e venda de produtos no marketplace é simples. Todo as etapas serão realizadas e gerenciadas por meio do Seller Central, a página de vendas do usuário na Amazon. Todo o ciclo pode ser resumido em quatro passos:

1) Publicar os produtos

Para iniciar a venda é preciso adicionar as informações do produto na plataforma. São duas as formas para realizar esta ação:

a) Adicionar um produto – ideal para quem deseja adicionar uma publicação por vez, é uma ferramenta de publicação interativa que orienta você no processo de inserir e gerenciar seu inventário.

b) Modelos de arquivos de inventário – ideal para quem deseja adicionar diversas publicações de uma vez.

2) Venda das mercadorias

Depois de publicada a oferta, ela estará disponível no marketplace. Quando um cliente fecha a compra, será enviado a você um e-mail de notificação. Pelo Seller Central ainda é possível acompanhar o número de visualizações das ofertas e também é possível fazer o download do Relatório de Pedidos.

Para quem está iniciando o processo na Amazon, é importante saber que a companhia não exige um número mínimo de vendas.

3) Envio dos produtos

Uma vez notificado sobre o pedido do cliente, é preciso enviar o produto ao endereço fornecido pelo usuário. A Amazon aplica as configurações de envio que você definiu para calcular a tarifa de envio por peso ou item, em cada pedido. Você pode definir suas taxas de envio com um modelo baseado em item/peso ou faixa de peso.

4) Receber o pagamento

O pagamento das vendas é feito a cada 15 dias pela Amazon, por meio de depósito na conta bancária informada pelo cliente. A empresa também envia uma notificação para informar o pagamento.

E não importa se o cliente optou por pagar parcelado. Você receberá o pagamento integral do valor da mercadoria no próximo depósito, sem nenhum custo.

Proteção contra fraudes

Um dos grandes medos no comércio online, tanto dos compradores quanto de vendedores, diz respeito à segurança e fraudes.

No caso dos cartões de crédito, a Amazon oferece proteção contra tentativas de fraudes e auxilia o vendedor a eliminar pedidos inseguros dos produtos oferecidos.

A companhia disponibiliza um programa de garantia, chamado de A a Z. Com ele, nas situações em que há divergência com relação ao produto, seja porque o usuário não recebeu ou o encontrou com algum defeito, o cliente irá registrar uma reclamação, que será intermediada pela Amazon.

Ou seja, ela irá questionar o vendedor e solicitar respostas para as queixas. Ouvidos os dois lados, a companhia irá determinar como será solucionada a demanda, que pode incluir o reembolso do custo do pedido para a conta do vendedor.

Custos da Amazon

A assinatura do Plano Profissional custa R$ 19 mensais. Além disso, a Amazon cobra um valor de comissão para cada transação realizada pela plataforma.

Confira os valores por categoria:

Categorias Porcentagem da comissão Comissão mínima aplicável (aplicada por produto, pode ser negociado)
Roupas, Calçados e Acessórios Tarifa promocional de 20% R$ 1,00
Livros 15% R$ 1,00
Eletrônicos, TV e Áudio 11% R$ 1,00
Acessórios para Eletrônicos, Áudio e Celulares 12% R$ 1,00
Games e Consoles 11% R$ 1,00
Casa Tarifa promocional de 10% R$ 1,00
Ferramentas e Construção Tarifa promocional de 10% R$ 1,00
Cozinha Tarifa promocional de 10% R$ 1,00
PC 11% R$ 1,00
Acessórios para PC 12% R$ 1,00
Papelaria e escritório 11% R$ 1,00
Acessórios para Escritório 12% R$ 1,00
Esportes, Aventura e Lazer Tarifa promocional de 15% R$ 1,00
Eletrodomésticos Tarifa promocional de 11% R$ 1,00
Móveis Tarifa promocional de 15% R$ 1,00
Brinquedos 15% R$ 1,00
Bebês 15% R$ 1,00
Cuidados pessoais 15% R$ 1,00
Beleza 15% R$ 1,00

Vale a pena vender na Amazon?

A resposta é simples e direta: Sim!

Estar presente no marketplace que mais cresce no mundo, onde estão mais de 300 milhões de clientes e estão ofertados outros 300 milhões de produtos parece uma boa ideia, certo?

O comércio online transformou a relação do consumidor com o ato de comprar. Hoje é possível pesquisar e adquirir produtos sem sair de casa. Os números de crescimento do mercado de vendas online mostram que esta tendência só irá se fortalecer nos próximos anos.

Além dos valores robustos e crescentes, outra característica deste mercado é a que beneficia diretamente o seu negócio: não é preciso ser um empresário milionário para participar do jogo.

A partir de uma assinatura mensal, é possível ter a acesso a este mercado em expansão. Não é à toa que a Amazon, em 25 anos de vida, saiu de uma pequena sala da cidade de Seattle para ocupar o posto de maior empresa do mundo em valor de mercado.

Com todas essas informações em mente, avalie a possibilidade de expandir as vendas do seu negócio. Fale com um Consultor da Global.Shop – somos especializados no ramo de vendas internacionais.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shop By Departments

WhatsApp Fale com Consultor Agora!